Skip to content
07/12/2010 / Ana

Let’s talk about fashion?

Já tem um tempo que eu queria fazer um post sobre o assunto, mas só agora tive oportunidade. Quando li o post da Marcela sobre o CFW, há um tempo atrás, fiquei muito decepcionada e até feliz por não ter ido, mas o ponto que mais me chamou àtenção foi ela ter citado sobre a falta de criatividade dos estilistas. Eu vou ser bem honesta que nunca fui contra cópias. Não quando quem copia são as fast fashion. Vou explicar porque: A grande parte das pessoas mundo afora não nasceu com uma conta bancária gorducha o suficiente pra ter um closet repleto de Chanel. Mas só porque não nasceram viradas pra lua quer dizer que uma pessoa não pode estar na moda? Hoje em dia a moda se tornou muito mais acessível e, evoluindo junto com a moda, as fast fashion resolveram que copiar e se inspirar pode ser uma boa idéia. Zara, Renner, C&A… são algumas que conhecemos e consumismos bastante. Será que sem elas conseguiríamos seguir as tendências como seguimos hoje? Acho que não…
Mas o grande problema é quando quem copia são os estilistas. Aqueles que deveriam ser originais, lançar tendências, fazer diferente. Não acredito que seja possível vários estilistas terem o mesmo ponto de vista. E já que as Fashion Weeks brasileiras vem depois das do hemisfério Norte, é inevitável pensar em cópia. Como eu não tenho nenhuma experiência, falo isso levando em consideração só aquilo que eu vejo. Não sei o que se passa por trás de tudo. Mas, desde que comecei a dar uma atenção maior à moda (de 2008 pra 2009), ainda não vi um estilista brasileiro lançando uma tendência. LANÇANDO! Porque, como eu já disse, é muito fácil mostrar uma coisa de outro estilista com um toque seu aqui e outro ali. Honestamente, acho que falta pessoas preparadas nesse meio. E já que estamos falando de moda, na maioria das vezes acho que falta gente preparada tanto nas grifes quando nas revistas de moda brasileiras. Porque será que a Vogue Brasil é tão fraca em relação as outras do mundo? Não é porque Brasil é Brasil, porque se quisessem, dava pra fazer uma revista (perdoem-me a palavra) foda! A Vogue Brasil me dá preguiça, a maioria dos estilistas brasileiros me dá preguiça. E acho que dá na maioria das pessoas.  Então, fica a dica (e a esperança), para a nova geração de estilistas e jornalistas de moda que, se Deus quiser, vai fazer um trabalho muito melhor. Sem cópias.

ANA ♥

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: